Caderno de Artista | Diário de Movimento

ano 2020

DIÁRIO DE MOVIMENTO “Escavei meus arquivos de vídeos até então espalhados em meus HDS e em fitas mini DVs. Encontrei gravações que nunca tinha visto antes, centenas de danças que estavam escondidas e esquecidas. A maioria delas foram feitas sem pretensão de serem mostradas, são danças rascunhos de ensaios e alguns registros de apresentações. O exercício arqueológico desse material se transformou em um diário de movimento que concentra 28 gravações de 2008 a 2019 com um roteiro que segue a dramaturgia presente nos processos de criação dos solos Entre Contenções; Como superar o grande cansaço?; Homem Torto e Título em Suspensão. É um diário que mostra momentos de danças em diferentes tempos e lugares de trabalho, é a tentativa da dança dizer por ela mesma sobre o seu processo de criação, é movimento na sua crueza como possibilidade de fala e escrita, é a observação de gestos e movimentos que se repetem, permanecem, desaparecem e se transformam naturalmente com o tempo”. *Agradecimentos especiais aos músicos que me acompanharam nessa trajetória: Felipe Ribeiro, Jonh Cage e Tom Monteiro.