Currículo Resumido

Ines Correa_100310_1772pb

Eduardo Fukushima nascido em 15 de abril de 1984, reside em São Paulo, Brasil.

Trabalha como coreógrafo, dançarino e professor. É bacharel em dança pelo curso Comunicação das Artes do Corpo pela PUC- São Paulo, criou os solos; Entre Contenções pela bolsa de pesquisa coreográfica Dez Solos e Reverberações da Key Zetta e cia, contemplado pelo prêmio FUNARTE Klauss Vianna de Dança de 2008 e indicado pelo prêmio APCA de 2017 entre os melhores espetáculos não estreia; Como superar o grande cansaço? pelo prêmio Rumos Dança Itaú Cultural 2009-2010; Homem Torto pelo prêmio Rolex Mentor & Protégé Arts Initiative 2012-2013 e prêmio Denilto Gomes de Dança 2014; Oxóssi para/com Denilto Gomes, criação coreográfica para o Semanas na Dança 2017 no Centro Cultural São Paulo e indicado pelo prêmio APCA 2017 como melhores do ano na categoria de Interpretação; Título em Suspensão, co-produzido pela Bienal SESC de Dança 2017 e indicado pelo prêmio APCA 2018 dentre os melhores espetáculos de dança. Vem circulando seus trabalhos e ministrando workshops pelo Brasil, América do Sul, Europa e Ásia. Foi contemplado pelo prêmio Rolex Arts Mentor & Protégé Arts Initiative 2012-2013. Já passou  em importantes festivais como Tanz im August em Berlin, KunstenFestivaldesArts em Bruxelas, Dance Umbrela em Londres, Dañs Fabrik em Brest, Projeto Brasil na Alemanha Kyoto Experiment em Quioto e Festival Panorama SESI e Panorama Rio de Dança; dentre outros. Foi um dos bolsistas DanceWEB2016 no Impulstanz Festival em Viena, artista convidado para participar do projeto Residence in Reflexion no KunstenFestivaldesArts 2015, em Bruxelas, bolsista da fundação Porosus para participar do Camping 2017, em Paris. Colabora com a companhia Okazaki Art Theatre do diretor japonês Yudai Kamisato na peça História de bajar uma cuesta larga en Valparaíso em 2017, premiada como melhor espetáculo de teatro do Japão de 2017 pelo Kishida Prize for Drama; colaborou com Elisa Ohtake na peça Tira meu Fôlego recebendo o prêmio APCA de melhor espetáculo de dança em 2014. Desde 2005 estuda práticas corporais chinesas como Qi-Gong e japonesas como o Seitai-ho.  Em 2019 co-dirigiu a peça IMAGINE com as artistas Beatriz Sano, Júlia Rocha e Isabel Monteiro pelo Prêmio Cultura Inglesa e colabora com Michal Borczuch no projeto Le Flâneur pela Rolex Arts Initiative e com Beatriz Sano no dueto em construção O QUE MANCHA. Em 2020, criou a vídeo-performance Silêncio para o Museu da Língua Portuguesa e recebeu o prêmio APCA (Associação Paulista de críticos de Arte) de melhor criação de dança de 2020. Criador dos filmes Diário de Movimento, Homem Torto em vídeo, 1 pra 1 e Cantos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s